Castle of Illusion: Starring Mickey Mouse

Publicado: 19/10/2011 por Márcio Alexsandro Pacheco em Análises, Mega Drive
Tags:, , , , , ,

– ajude Mickey Mouse a encontrar o Castelo das Ilusões neste magnífico game –

Que Mickey Mouse  é o camundongo mais famoso (e rico) do mundo ninguém discorda. Com certeza muitos leitores aqui cresceram assistindo seus desenhos nas manhãs da Globo (que convenhamos, eram super bem feitos, muito acima de outros desenhos padrões americanos da época), brincaram com centenas de brinquedos com a estampa do orelhudo, leram seus gibis, alguns mais sortudos foram até a Disney World conhece-lo pessoalmente, e caramba, até o Silvio Santos tinha um quadro em seu antigo programa “Topa Tudo por Dinheiro” em que usava as orelhas famosas de Mickey. É, o camundongo até hoje é uma máquina de fabricar dinheiro, uma das franquias mais bem sucedidas da história (também, já está quase com mais de 80 anos!).

Porém faz um bom tempo que Mickey Mouse e sua turma não ganham um game realmente promissor, pra falar a verdade não consigo lembrar de games bons da Disney nem na era 32 Bits (com exceção de Kingdon Hearts e Epic Mickey para Wii). Uma pena, pois a Disney tinha um potencial em fazer games de altíssima qualidade. Como esquecer os clássicos da geração 16 Bits? Vários games com personagens Disney foram lançados para os 16 Bits, especialmente para o Mega Drive, que tinha uma excelente parceria com os personagens tendo vários jogos de qualidade excepcional.

Mickey Mouse ganhou vários games no Mega Drive, mas em minha humilde opinião, o melhor de todos, que melhor retrata Mickey Mouse e seu universo, foi o primeiro game lançado para Mega Drive: Castle of Illusion: Starring Mickey Mouse.

Caros leitores, estamos falando aqui de um game que marcou a geração 16 Bits. Lançado em 1989, foi um dos primeiros games do Mega Drive (quando comprei meu Mega japonês veio junto esse game) e mostrava o poder da nova geração 16 Bits. Gráficos lindos que retratavam o universo de Disney, animações incríveis de Mickey e outros personagens, músicas e sons que faziam você pensar que estava assistindo aos desenhos animados.

Castle of Illusion, juntamente com outros games, é um clássico da geração 16 Bits e com certeza um dos melhores games de plataforma já feitos. Não conhece, nunca viu o game? Veja aqui nessa review porque ele é um clássico!

Era uma vez um camundongo

Ok, não espere uma história muito original ou cheia de reviravoltas. Tudo começa em uma cidade chamada Vera City, onde tudo é lindo e maravilhoso, todos são felizes e vivem em paz. Pelos menos quase todo mundo. Há uma pessoa que não está tão feliz. Uma pessoa que tem inveja da beleza (?!) e popularidade de Minnie, a namoradinha de Mickey, a terrível bruxa Mizrabel.

Um belo dia, já de saco cheio de tanto ouvir falar da tal de Minnie, a bruxa resolve sair do seu castelo e raptar a ratinha, o objeto de seu ódio e inveja. Mickey correu atrás da bruxa, mas o castelo da velhota, o Castelo das Ilusões, fica em um lugar inacessível. Para salvar sua mina orelhuda, Mickey vai precisar encontrar 7 jóias mágicas e com elas construir uma ponte de arco-íris para chegar até o castelo da bruxa malvada.

 

pobre Mickey, perdeu a namorada para a bruxa malvada

Gráficos Disney

Pode esperar gráficos esplêndidos nesse game de Mickey Mouse. Gráficos detalhados, coloridos e com o toque “Disney”, que imediatamente vai leva-lo ao mundo do camundongo. O jogo é muito bonito, utiliza bem os recursos do Mega Drive e com certeza vai agradar os olhos de quem joga, passando por cenários incríveis e muito criativos como dentro de uma caixa de brinquedos, em uma biblioteca gigante (para um camundongo), dentro de uma garrafa de leite e uma xícara de café e até mesmo uma fase com engrenagens, que vai lembrar muito os bons e velhos games de Castlevania. E não é só isso, o game possui animações excelentes, tanto do próprio Mickey como dos seus inimigos, todos personalizados e diferentes em cada fase, um prato cheio de inimigos criativos. Muitos efeitos parallax, cenários de fundo belíssimos, animações geniais, muito colorido, tudo parece muito fantástico, e é!

Dê uma conferida abaixo nas fases do jogo:

Floresta: fase bacana, belos gráficos, inimigos fofinhos pra você “sentar” em cima. Mickey ainda passa por outros cenários, como um ninho de aranhas e uma floresta mal assombrada. Show de bola.

você começa o game pela floresta, onde vai enfrentar vários tipos de inimigos, passando por um ninho de aranhas

buuuu… uma floresta mal assombrada… no final o chefão, um tronco de arvore muito louco

Caixa de brinquedos: Essa não, você foi parar dentro de uma caixa de brinquedos e parece que você virou o alvo principal dos soldadinhos de chumbo, aviãozinhos, palhaços e outros “cacarecos”. Fase dividida em 3 partes, todas dentro da caixa de brinquedos, destaca a fase em que você joga de ponta cabeça, mó piração.

muitos soldadinhos te esperam, inclusive geléias e molas malucas. você agora pode atirar bolinhas de chumbo

a foto não está errada e você não está bêbado, a fase é invertida mesmo. no final um chefe muito palhaço

Ruínas: Belíssima fase, um cenário ao fundo muito bonito. Pontes, piranhas e muita água te aguardam nessa fase. Dentro do templo gêiseres, enchentes e muitas plataformas pequenas vão estar em seu caminho.

cuidado com as pontes, embaixo delas tem piranhas sedentas por carne de rato. no templo, os gêiseres aparecem do nada

cuidado com as enchentes, no final um chefe “sapo-gremlim”

Biblioteca: Uma biblioteca no meio do caminho (não me perguntem o que ela está fazendo lá). Tudo é gigante aqui, livros, xícaras, inimigos em forma de letras. Mickey pode ainda entrar em garrafas de leite e xícaras de café.

cuidado com os livros nervosos, entre na garrafa de leite e veja o que tem lá dentro…

tcham! esse mundo colorido e cheio de doces é o que tem dentro da garrafa

Torre: Quase lá campeão, só passar essa fase, um castelo ao lado do da Bruxa, pertencente ao gigante do “Pé de Feijão”. Desafios bem variados, plataformas, água e outras coisas te aguardam, até uma fase a lá “Castlevania”.

olha só o sustão do Mickey por causa do raio! Pode nadar a vontade, mickey não precisa de ar

fase estilo castlevania, cheia de engrenagens, só faltou as medusas. No final o chefão nada amistoso te espera

Mizrabel: Pegue todas as jóias que você catou pelo caminho e abra caminho até os domínios da maligna e poderosa bruxa das trevas, Mizrabel (caramba, que drama heim).

no final desse arco-íris não espere por um pote de ouro

olha a bruxa velha ae. opa, ela se transforma e fica mais fodona… se vira Mickey, a namorada é tua

Trilha Sonora Animada

A trilha sonora desse jogo é fantástica! Capta a essência de Mickey em sua forma mais natural possível, é como se você estive ouvindo as músicas dos desenhos animados da Disney. Sabe aqueles desenhos em que não há diálogo, apenas a música e ação (muito comum nos desenhos antigos do Mickey), é como se essas músicas fossem transportadas para o game.

Quando se fala em trilha sonora logo lembramos dos “xodós” da Sega como Yuzo Koshiro e Motoi Sakuraba, mas as músicas de Castle of Illusion não foram compostas por um amador. O misterioso “Bo” aparece como compositor nos créditos. O cara trabalhou em grandes clássicos do Master System, fazendo grandes composições como Alex Kidd, Fantasy Zone, Zillion, Phantasy Star, trabalhando inclusive junto com Yuzo Koshiro nos games Ys (para Master System) e Revenge of Shinobi.

O cara é fera e tirou bom proveito da capacidade sonora do Mega Drive, as músicas são excelentes e combinam totalmente com as fases. Músicas como a marchinha da caixa de brinquedos, de dentro da garrafa de leite, da fase das engrenagens, da floresta mal assombrada, do castelo da bruxa… todas combinam perfeitamente com a ação que está rolando. Mais uma prova que existia sim, muita gente competente compondo músicas fora os mestres acima citados. Muitos games por aí não muito conhecidos e que possuem ótimas trilhas sonoras.

escute algumas músicas de Castle of Illusion abaixo:

Além das músicas o game também conta com efeitos sonoros de primeira qualidade, que soam claro e alto, como o som dos inimigos morrendo, de Mickey pulando e dando “bundadas” ou o gritinho que ele dá ao morrer. Um excelente trabalho e recebe 10 com louvor.

olha só, um final tipicamente Disney. Caí fora velhota, deixa os ratos namorarem em paz

Jogabilidade

Seguindo o “old school way” dos jogos de plataforma 2D, você não terá grandes dificuldades em controlar Mickey, que pode pular, se abaixar, nadar, atirar coisas e dar “bundadas” como ataque. Como todo bom jogo da Disney não espere violência gratuita aqui, o jogo não é muito desafiador, mas possui várias fases. Recomendo para jogadores hardcore jogarem na dificuldade mais difícil.

Ele pode ser terminado tranquilamente em uma tarde de jogadas. Os chefes de fases não são muito difíceis e não há segredos para derrota-los, nem mesmo Mizrabel oferece grandes dificuldades. Para os nostálgicos que querem lembrar da infância e assistiram “Mickey e o Pé de Feijão”, podem esperar encontrar o gigante como chefe de fase aqui.

Vasculhe bem as fases que possuem passagens secretas e alguns atalhos para terminar as fases. Mesmo os itens do jogo são personalizados, que podem ser encontrados pelo caminho como maçãs e bolinhas de chumbo para atirar nos inimigos, estrelas que aumentam sua energia, orelhas que dão uma vida extra (ou como aparece no jogo “tries” (tentativas) e diamantes que dão pontos.

Você terá que encontrar 7 jóias com as cores do arco-íris. Algumas estão com chefes de fases, outras estão espalhadas pelas fases, não precisando matar ninguém para pega-las.

Ah sim, Mickey pode não ser o Ecco, mas em algumas fases ele vai poder nadar, inclusive dentro de xícaras de café. Lá dentro você não vai poder atacar, apenas nadar e se desviar dos inimigos, pelo menos o rato possui um bom fôlego e você não vai precisar se preocupar com oxigênio.

vai um gole ae? olha só que tem dentro da xícara, cubinhos de açúcar, que fofo

Conclusão: Mickey Mouse e cia tiveram seus anos dourados na era 16 Bits, com jogos que deixaram saudades. Mickey Mouse gera milhões de verdinhas para a Disney, mas infelizmente parece que não emplacou na indústria de videogames, pois há tempos não possui um jogo realmente bom.

Castle of Illusion (juntamente com o ótimo World of Illusion) pode ser considerado o melhor momento do camundongo da Disney nos videogames e um dos melhores games de plataforma do Mega Drive. O game é bastante colorido e é um pouco “feliz” (Mickey não para de sorrir pra quem perdeu a namorada) e fofinho demais (hey, é um jogo Disney para crianças) mas que com certeza irá agradar a maioria das pessoas (a não ser que você não goste da Disney e jogos felizes). Com certeza um clássico e um dos primeiros games do Mega Drive, que mostrava o que um 16 Bits podia fazer. Eram os jogos Disney em seu auge.

Uma grande variedade de fases e inimigos vão garantir jogadas despretensiosas e divertidas. Gráficos coloridos, límpidos e detalhados. Músicas de primeira qualidade. Uma coisa eu garanto: você vai se divertir jogando esse game! E isso é o que Mickey Mouse faz de melhor e continua fazendo: divertir as pessoas.

e não esqueça de curtir a nossa página no Facebook! :)

Nome: Castle of Illusion: Starring Mickey Mouse

Sistema: Mega Drive

Desenvolvedora: Sega

Ano de Lançamento: 1989

Nota da análise: 10/10

+ Belos gráficos, música e jogabilidade
Muito fácil

Mickey: Capitalist Mouse

comentários
  1. Caramba, vocês só postam os melhores jogos da minha vida… hahaha!!

    Estes foi um dos primeiros que terminei!! Hehehe… joguei a versão de Mega Drive com uma das trilhas sonoras mais marcantes que já ouvi… lembro de todas as músicas!!

    Bom demais!!

  2. helinux disse:

    engraçado que muita gente ainda fala mal desse jogo e de outros no estilo…agora, vai jogar para ver a dificuldade!!!!!muitos jogos desse estilo só tem cara de ser fácil, mas…uma ralação dukaralho mesmo…gosto muito da versão do master system também!!!!

  3. […] jogos Disney em sua galeria de títulos, o primeiro deles foi o inesquecível Castle of Illusion (leia review aqui), com o camundongo Mickey Mouse. Aladdin veio para aumentar essa lista de forma grandiosa. A Virgin […]

  4. RAMONE disse:

    Tem muita gente – eu incluso – que acha a versão do Master System ainda melhor que a do Mega.

  5. Valerio disse:

    Maravilhosa a recordação! Obrigado!

  6. Eduardo Farnezi disse:

    Meu Deus!!!!!!!!
    Até me arrepiei aqui agora….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s