Ninja Gaiden II – O melhor de Hayabusa em 8 bits

Publicado: 25/04/2012 por Eduardo Farnezi em Análises, NES
Tags:, , , , , , ,

O retorno do Ninja

Veio o primeiro Ninja Gaiden para Nintendinho e ele se tornou imediatamente o mais fantástico game de ação da história. Com uma jogabilidade ágil e precisa, um visual bem trabalhado e a inauguração de cut-scenes cinemáticas para contar a história, o game foi um sucesso de vendas e de criticas.

Sem muita demora é anunciada a óbvia continuação de Ninja Gaiden, afinal de contas, “se fez dinheiro, que se repita a dose”, já dizia o velho filósofo capitalista. Mas como superar um game que já era considerado perfeito, repetindo a mesma fórmula, em um hardware tão limitado?

E eis que a Tecmo tira leite de pedra e dos dá Ninja Gaiden 2, um game superior ao original e todos os sentidos.

Cut-scenes em um game de ação.
É Ninja Gaiden fazendo escola...

Na história do game, Ashtar, um feiticeiro maligno e poderoso, determinado em transformar em escuridão eterna o planeta Terra, objetiva abrir o Portal da Escuridão para alcançar seu intento. Para tal, Ashtar precisa de um sacrifício humano, para banhar do sangue do sacrificado a lendária Espada Negra do Caos. Nesse contexto, a agente Irene, personagem apresentada no game original, é sequestrada, fazendo com que o ninja Ryu Hayabusa parta uma nova missão a fim de resgatá-la e salvar o mundo (coisa simples…).

Lendo assim fica parecendo uma história bobinha e sem inspiração, no entanto, assim como no primeiro game, Ninja Gaiden 2 tem desdobramentos interessantes dessa sinópse, com algumas reviravóltas no enredo, que agradaram a todos os que já experimentaram o game. O clima da antiguidade com o tom dos tempos modernos também é mantido em Ninja Gaiden 2, o que torna a imersão ao mundo do game mais atrativa.

Na verdade, o enredo de Ninja Gaiden 2 é tão interesante e suas cut-scenes tão bem feitas, que o game é cultuado por ambos os aspéctos até os dias de hoje. Esse game e seu antecessor foram, possivelmente, os primeiros games não RPGs que se preocuparam com tais aspéctos.

A jogabilidade de Ninja Gaiden 2 chega ao absurdo de ser mais precisa e fluida que a do game anterior. O controle aqui jamais do deixará na mão. As respostas para os comandos efetuados são imediatas, na medida do que um game de ação frenética exige, e acredite Ninja Gaiden 2 o exigirá.

Hayabusa com toda a sua "fodidisse" Ninja em ambientes urbanos.
Uma improvável união que deu muito certo!

Os Power Ups tem presença garantida novamente no game. É possível encontrar diversos tipos de Power Ups ao longo da jornada para facilitar um pouco o trabalho do jogador. Eles vão de estrelas Ninjas overwelming a até um doppleganger que replica seus ataques. Usá-los é simples e intuitivo o que garante a agilidade necessária para incluí-los de maneira uniforme aos movimentos regulares de Ryu.

Outra notoriedade de Ninja Gaiden 2 herdada de seu antecessor é a dificuldade. O game do Ninja não é tão “impossível” como Contra, no entanto por certo testará sua habilidade com os dedos. Não serão poucas as vezes que padecerá frente a uma tela cheia de inimigos, ao tentar realizar saltos milimetricamente calculados, ou mesmo contra os chefes de níveis mais avançados.

O visual de Ninja Gaiden 2 mantém as qualidades do primeiro, ou seja, boa animação de Hayabusa e cenários deveras inspirados, no entanto, essas qualidades foram ampliadas aqui. Alguns cenários são de cair o queixo, quase não dá para acreditar que é um game para Nintendinho.

Olhem a beleza desse cenário!
Uma das melhores e mais difíceis fases do game.

A paleta de cores foi melhor aproveitada em Ninja Gaiden 2, mas a maior quantidade de cores usada foi direcionada muito mais para contrastar o clima mais “darkness” do game do que para deixá-lo colorido mesmo. Uma ótima direção de arte em uma época em que os programadores brigavam contra o simples fato de quantas cores poderiam extrair do hardware. Fabuloso!

Quanto aos inimigos, destaque claro para os chefes de fase, um mais criativo e “encapetado” do que o outro.
Destaque aqui para o chefe final, que vai te matar muitas vezes antes de você  pegar a manha de como descer o cacete no infeliz.

"Pixels Ninja!"
"Fuck Yeah!"

A trilha sonora e efeitos sonoros do game mantiveram o bom nível deixado pelo Ninja Gaiden original. Nenhuma grande evolução nesse sentido, mas isso não traz nenhum demérito ao game. As trilhas continuam sendo muito boas e mantém o jogador no clima do game. Na verdade, temos aqui mais um caso em que a trilha sonora do game provavelmente ficará na sua mente por anos e anos a fio. Até hoje eventualmente me pego cantarolando mentalmente algumas das músicas deste game, assim como as do primeiro Ninja Gaiden.

Eu sei o que me perguntarão: “Porque não começou fazendo a análise do primeiro Ninja Gaiden?”

Minha resposta é simples. Ninja Gaiden 2 foi a vedete da série no Brasil. A grande maioria dos jogadores tiveram seu primeiro contato com a série justamente com esse game, então achei por bem começar por este. Ademais, ele é considerado o melhor da trilogia clássica de Ninja Gaiden, ora, nada melhor do que começar com o melhor.

Esse é Ninja Gaiden 2. Um dos melhores games já concebidos até hoje para os videogames. Se você, jogador mais novo, é fã da série Ninja Gaiden para Xbox/Xbox360, ou então fã da série Ninja Gaiden Sigma para Playstation 3, saiba que esses clássicos da ação videogamelistica atual só são tão bons, pois seguem à risca a cartilha deixada pelos games clássicos da série, que apesar de possuirem mais de duas décadas de idade são, em qualidade, atemporais.

Hayabusa, contemplando toda a sua "fodidisse", enquanto aprecia o horizonte.
Tá bem, não é isso, e eu sei...

Conclusão: É olhando para o passado que compreendemos o presente. Sendo assim fica bastante claro o porquê de os atuais Ninja Gaiden serem tão bons. Eles respeitam e contextualizam o glorioso passado da série. Ninja Gaiden 2 é o recheio da trilogia lançada para Nintendinho. É um game que merece todo o respeito e admiração de toda a comunidade gamer. É um game primoroso, que superou barreiras tecnológicas para proporcionar algo além do esperado e, teoricamente, possível. É um game perfeito em todos os aspectos em que posso imaginar e ponto final!

Nome: Ninja Gaiden 2

Sistema: NES (Nintendinho)

Desenvolvedora: Tecmo

Ano de Lançamento: 1190

Nota da análise: 10/10

+ Controle com respostas rápidas e precisas.

+ Um dos melhores visuais para um game do gênero no Nintendinho.

+ Músicas de qualidade e efeitos sonoros que cumprem muito bem o seu papel.

+ Dificuldade na medida para quem gosta de um bom desafio.

+ Não ser uma continuação “suga pus”, algo tão comum no mercado.

NADA!

comentários
  1. Esse jogo realmente apavora, bons tempos que eu passava madrugadas tentando fechá-lo

  2. helisonbsb disse:

    grande clássico do nes!!!!considero uma das aberturas intro de jogo mais linda que existe nos jogos nes da vida!!!atualmente jogo muito ninja gaiden 3!!!dificuldades e gráficos dukaralho,,,recomendo fazer um duelo entre joey musashi vs ryu hayabusa!!!!toda vez que vejo ninja gaiden me lembra da capa da edição video game com a foto dele!!!!!valeu cantogamer!!!

  3. Noslin Retse disse:

    Hajime mashite!!! em breve farei o cover da introdução da trilha sonora de the Dark Sword of Chaos nos meus teclados musicais no YouTube . domou arigatou !

  4. Noslin Retse disse:

    Obrigado ! na verdade já está pronto , é que eu preciso de um tempinho pra descolar uma camera de video descente ou as que eu já tenho quero fazer uma melhor produção possivel .pois na esse jogo é uma das formas que se identificam comigo e com o povo japonês.

  5. Anônimo disse:

    AINDA É AINDA UMA PROMESSA MAS PODE IR NO YOUTUBE POSTEI LÁ COMO: NINJA GAIDEN MY TRIBUTE .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s