Quem é que não gosta de super-heróis? Eles são altruístas, lutam pela justiça e pelos inocentes, e possuem poderes/habilidades que qualquer um gostaria de ter. O universo colorido dos super-heróis ganharam os quadrinhos, representados principalmente pelas editoras Marvel (Homem-Aranha, X-Men, Os Vingadores, etc) e DC Comics (Batman, Super-Homem, Liga da Justiça, etc). Mas eles logo saíram do papel e ganharam brinquedos, camisetas, desenhos animados e claro, muitos e muitos filmes bacaníssimos (alguns nem tanto). E os videogames não ficaram de fora, e pensando nisso fizemos um Top 10 Games de Super-Heróis. Nós limitamos o Top 10 para os jogos antigos, pois tem muuuita coisa no mercado até hoje (quem sabe futuramente façamos um Top 10 com games mais atuais). Além do mais, os antigos serão sempre clássicos (ok, nem todos), então veja abaixo se o seu herói preferido está representado em nossa lista, e divirta-se relembrando, ou conhecendo estes belos títulos.

Bônus Time

X-Men: Children of the Atom – Arcade

O antológico jogo de luta da Capcom que deu origem a todos os jogos da série versus da Marvel. Lançado em 1994, marcou uma geração de jogadores por apresentar os famosos personagens da editora com sprites grandes bem desenhados, cheios de detalhes e animações. Nunca os personagens Marvel estiveram tão vivos e atraentes como neste arcade. Com uma mecânica que trazia elementos das séries “Street Fighter” e “DarkStalkers”, além de algumas inovações, o título logo caiu nas graças dos jogadores de todo o mundo. O jogador pode escolher entre 10 personagens e mais três secretos (entre eles o Akuma). Se você está aí jogando e apreciando “Marvel vs Capcom 3”, agradeça à “X-Men Children of the Atom”.

Spider-Man: The Videogame – Arcade

Em 1991 a Sega lançava exclusivamente para os arcades um beat’m up do amigão da vizinhança, que chamava a atenção pelos gigantescos personagens na tela. Algo bastante interessante é que em alguns pontos do jogo ele passava da pancadaria para um jogo de plataforma 2D. Um zoom distanciava a tela, os personagens ficavam menores e podia-se ver mais dos cenários. Quando voltava a hora de socar os bandidos, a tela se aproximava novamente deixando os personagens grandes na tela. Criativo não? Permitia até quatro jogadores simultâneos na tela: Homem-Aranha, Gata Nega, Gavião Arqueiro e Namor.

Top 10

10 – The Incredible Hulk – Mega Drive/Super Nintendo

O verdão nervosão, que também está no recente filme dos Vingadores, estrelou o seu próprio game em 1993 para o Mega Drive, Super Nintendo, Master System e Game Gear. O jogo não é nenhuma maravilha, mas até que é um bom título de plataforma/ação. O jogador controla o Hulk que está atrás do vilão Líder. É um game em que “Hulk não esmaga” tanto quanto deveria.

    

09 – Wolverine Adamantium Rage – Mega Drive/Super Nintendo

Lançado em 1994, as versões de Mega Drive e Super Nintendo apresentam elementos diferentes, por terem sido produzidos por empresas diferentes (porém ambos possuem uma jogabilidade travada e difícil). Wolverine parte em busca de respostas para o seu misterioso passado, indo para o laboratório onde o seu esqueleto foi revestido de adamantium. Também é um jogo que não possui grandes destaques, é bastante difícil, mas pode agradar aos fãs do personagem (ou fazer ele perder alguns fãs).

    

08 – The Punisher – Arcade

O violento e desajustado Justiceiro ganhou um excelente arcade beat’m up em 1993, produzido pela Capcom, e um ano depois convertido numa versão bacaninha (não chega perto de Streets of Rage) para o Mega Drive. O jogador controla o renegado Justiceiro ou o seu parceiro Nick Fury, numa jornada de sangue, tiro e porrada para derrotar o Rei do Crime, enfrentando vários vilões pelo caminho.

    

07 – Batman Returns – Super Nintendo

Lançado em 1993 pela Konami, pegou carona no sucesso do filme homônimo. Sendo uma produção da Konami, o que podemos esperar é um jogo de alta qualidade, seguindo o estilo luta de rua (beat’m up) como Final Fight e Streets of Rage. O jogo segue fielmente a história do filme, tendo desta vez como vilão principal o Pinguim e sua gangue de palhaços (de circo mesmo dãã). A Mulher Gato (representada pela deliciosa Michelle Pfeiffer) também dá o ar da sua graça, deixando as coisas mais interessantes. Excelentes gráficos e trilha sonora garantem uma boa diversão e pancadaria, só peca por ser apenas para um jogador.

    

06 – Spider-Man and Venom: Maximum Carnage – Mega Drive/Super Nintendo

Lançado em 1994 para o Mega Drive e SNES, foi baseado na série em quadrinhos de 14 capítulos que mostra o Carnificina, um dos vilões mais violentos do universo Marvel, fugindo da prisão Ravencroft e se aliando a diversos desafetos do Homem-Aranha, para dar um pau nele e espalhar o caos e o terror na cidade. Para combater a ameaça, o Aranha é forçado a se aliar com Venom (o jogador pode escolher jogar com um dos dois), um dos seus maiores arqui-inimigos (e responsável pelo surgimento do Carnificina). Mas apenas os dois ainda não são suficiente, então outros heróis “auxiliares” os ajudam, como Capitão América, Gata Negra, Manto, Adaga, Punho de Ferro, entre outros. O visual do game é totalmente estilizado cartunesco, com cores vibrantes e incluindo as tradicionais onomatopeias das Hqs, como os “Pows”, “Socks” e “Thwips”. Possui um grau de desafio bastante alto (vida de super-herói não era fácil nos 16 Bits) e uma trilha sonora muito boa composta pela banda de rock Green Jelly.

    

05 – The Adventures of Batman & Robin – Mega Drive

Baseado no aclamado desenho animado do morcegão, foi lançado em 1995 pela saudosa Clockwork Tortoise, e sem dúvida é um dos melhores games do personagem. Usando as capacidades do Mega Drive ao extremo, temos um jogo com visual cartunesco belíssimo, trilha sonora eletrônica bombante e ação intensa do começo ao fim (e uma dificuldade elevadíssima). O Senhor Frio escapou do Asilo Arkham e planeja congelar Gotham City num grande picolé, mas não se a dupla dinâmica puder impedir. O jogo teve versões diferentes para o Super Nintendo e o Sega CD (também muito boas), mas nenhuma delas permitia jogar com dois jogadores na tela como esta aqui, o que era muito divertido.

    

04 – X-Men 2: The Clone Wars – Mega Drive

O Mega Drive ganhou dois excelentes títulos exclusivos dos famosos mutantes, escolhemos o segundo para entrar na lista. Lançado em 1995 pela Sega, já na época da decadência dos 16 Bits, o jogo não teve o reconhecimento merecido. Baseado na série animada dos anos 90, apresentava excelentes gráficos, músicas e ação estilo plataforma. A raça alienígena Phalanx planeja conquistar a Terra, tendo capturado e clonado vários mutantes para isso. O jogador controla um dos sete sobreviventes: Ciclope, Wolverine, Fera, Gambit, Psylocke, Noturno e mais adiante no jogo Magneto. Junto com “Mutant Apocalypse”, um dos melhores momentos dos mutantes nos 16 Bits e que vale a pena ser jogado.

    

03 – Spider-Man vs The Kingpin – (Mega Drive/Sega CD)

Um dos primeiros games do amigão da vizinhança a apresentar uma excelente qualidade nos consoles caseiros. Além de possuir alguns dos inimigos clássicos do cabeça-de-teia, a Sega foi feliz no história e criou algo bem fiel aos quadrinhos (o manual inclusive contava com uma introdução de quatro páginas escrita por Steve Englehart e desenhada pelo legendário John Romita): O Rei do Crime armou uma bomba em Nova York e colocou a culpa no Aranha, que agora luta contra o tempo para achar as chaves que desarmam a tal bomba e limpar o seu nome. Claro que cada chave está com um dos inimigos do teioso, e nenhum deles está disposto a entregar de boa vontade. E no decorrer da aventura, Mary Jane é sequestrada, um pepino a mais para o nosso herói resolver. O título foi lançado primeiramente para o Mega Drive, ganhando posteriormente um remake para o Sega CD, com novas fases e uma trilha sonora rockeira sensacional! Um jogo imperdível para qualquer fã do aracnídeo mais famoso da Marvel.

    

O grupo de mutantes mais famoso do mundo recebeu vários títulos em diversos consoles nos bons e velhos tempos, impulsionados principalmente pelo sucesso do desenho animado dos anos 90 (e que realmente era muito bom, veja aqui a inesquecível abertura). “Mutant Apocalypse” foi lançado pela Capcom em 1994 para o SNES, e estrelava cinco mutantes: Ciclope, Wolverine, Fera, Gambit e Psylocke. Os cinco são mandados pelo Professor Xavier em uma missão na ilha de Genosha, conhecida por manter os mutantes como prisioneiros. Durante a aventura vários vilões irão aparecer, querendo um pedaço de carne mutante. O jogo é excelente em todos os quesitos e sem dúvida um dos melhores games com a famosa equipe de mutantes. Ganhou uma sequência espiritual em 1996, o “Marvel Super Heroes: War of the Gems”, também muito bom.

    

01 – Captain America and The Avengers – Arcade

Avante, Vingadores! Aproveitando a onda de euforia do lançamento do filme, colocamos como primeiro lugar o jogo do “Capitão América e os Vingadores”, lançado em 1991 pela saudosa Data East. O jogo em si é bem simples, com personagens pequenos na tela, para os padrões da época. Mas era bem divertido, permitia que até quatro jogadores simultâneos bancassem os heróis Marvel. O Caveira Vermelha cria um dispositivo que coloca sob o seu controle os piores vilões para controlar o mundo. Agora cabe aos Vingadores acabar com a ameaça. Simples assim. Os jogadores podem escolher entre quatro heróis: Capitão América, Homem de Ferro, Gavião Arqueiro e Visão. A mecânica do jogo é interessante, pois combina a pandaria beat’m up com a ação shoot’m up (os “jogos de navinha”). Versões caseiras foram lançadas para o Mega Drive e Super Nintendo, com o console da Sega levando vantagem na conversão. Fica aí a nossa homenagem para essa super equipe de heróis, que há anos lutam em conjunto contra as ameaças em nosso mundo. Serve de um bom esquenta antes de você ir assistir ao filme no cinema, #ficaadica.

   

“meeewoowww”

Anúncios
comentários
  1. Dork disse:

    Nuss… me arrebentei de jogar Cpt America and the Avengers na praia…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s