Arquivo da categoria ‘Xbox’

svcchaossnkvscapcom-01

“Era uma vez” duas empresas que lutavam bravamente no mundo dos games por um título: o de maior empresa desenvolvedora de games de luta 2D. De um lado estava a Capcom com seus Street Fighters e Darkstalkers da vida. Do outro lado estava a SNK, com títulos primorosos, normalmente reunidos em seus games The King of Fighters.

Eis que um dia ambas resolvem se unir para fazer um game. A ideia de ver os personagens de ambas as franquias se enfrentando era maravilhosa.

Sendo assim, Capcom vs SNK é lançado para Arcades e Dreamcast, produzido pela Capcom. O resultado foi muito abaixo do esperado para um crossover deste calibre. Vendo o descontentamento dos jogadores a mesma Capcom lança Capcom vs SNK 2: Millenium Battle, jogo que ficou muito melhor que seu antecessor, sendo considerado até então o melhor crossover já criado. Entretanto ainda faltava algo, pois Capcom vs SNK 2: Millenium Battle tinha cara de recauchutagem nos personagens da Capcom. Além disso, os personagens da SNK ficaram muito sem vida nos traços da Capcom. Vislumbrar uma versão feita pela SNK estava até ali fora de cogitação, pois a empresa havia falido.

Eis que a Playmore compra os direitos da SNK. Infelizmente, a mesma Playmore, começa a usar as franquias que adquiriu da SNK de maneira muito abaixo do esperado, com games como Metal Slug e The King of Fighters muito ruins. Vendo que haveria de fazer algo bom e chamativo, a SNK-Playmore teve uma ideia genial: criar seu próprio crossover com os personagens da Capcom e da SNK.

E assim começa a história de SNK vs. Capcom: SVC Chaos

(mais…)

star-wars-battlefront-2-games-widescreen-wallpapers

*Análise escrita no período de lançamento do game*

Considerada a melhor série de games baseada nas duas trilogias de filmes Star Wars, Star Wars Battlefront foi aclamado por muitos gamers qu são fãs da série de filmes e por isso mesmo foi o maior sucesso de vendas em um game Star Wars, entretanto, algumas faltas foram notadas, como a ausência de airships, de batalhas espaciais e em especial, não haver possibilidade de controlar os personagens mais aclamados da série, os Jedis, e por consequência, os Sith também ficaram de fora.

Vendo todo o potencial que o game original tinha, além da eventual surpresa que seu sucesso gerou, a Lucas Arts não perdeu tempo em lançar sua continuação: Star Wars Battlefront 2, que tem como clara intenção, não evoluir e muito menos revolucionar a série Battlefront, mas dar aos fãs, tudo o que o primeiro game tinha, somado ao que havia ficado de fora. E acredite, apenas como esta soma de fatores, Star Wars Battlefront 2 consegue ser muito melhor do que seu antecessor, além de ser um game primoroso.

(mais…)

4

*Análise escrita no período de lançamento do game*

Depois de Halo, muito se especulou quanto ao futuro dos shooters nos consoles caseiros da atual geração. Dentre todos os shooters “pós – Halo”, o que mais ganhou notoriedade foi Kill Zone, game este que, devido a Sony e a produtora Guerrilha, chegou a ser batizado de “Halo Killer”. E infelizmente “Kill Zone” não pegou.

As reclamações quanto a “Kill Zone” se davam em especial aos constantes bugs de imagem, além da linearidade do game, algo que para um game que prometia não ser linear e ser visualmente lindo foi um desastre. Apesar disso o game foi por um bom tempo o melhor shooter do PS2.

O segundo shooter que ganhou uma grande notoriedade foi Project: Snowblind, que apesar de não ter tido o hype que teve Kill Zone, ficou com o título de melhor shooter para o PS2 durante muito tempo, sendo considerado por muitos um game melhor do que o próprio Halo.

Entretanto, mesmo com Project: Snowblind, Halo ainda era visto como o melhor shooter desenvolvido para consoles por toda a indústria videogamístca. Era, pois surgiu o rei absoluto dentre todos os shooters para consoles.

Vindo das mesmas mentes lunáticas que criaram Burnout, a Criterion acaba de lançar o shooter que mal saiu e que já mastigou, pisoteou e gargalhou do antigo campeão Halo. Apresento-lhes Black.

(mais…)

Castlevania Curse of Darkness Wallpaper CAPA

*Análise escrita no período de lançamento do game*

A série Castlevania é uma série reconhecida e conceituada no mundo dos games, mas infelizmente vive de suas glórias do passado. Com games incríveis como Super Castlevania IV e com”Dracula X na época do SNES, a série começou a ganhar status de game grande e abocanhou muitos fãs neste processo. Entretanto, o ápice da série foi Symphony of the Night para PSX.

Symphony of the Night é de longe o melhor jogo de toda a série. Seguindo o esquema clássico da franquia Castlevania, o game é inteiro em 2D e tem como objetivo, atravessar por todo o castelo de Drácula e destruí-lo, entretanto, em “Symphony of the Night” o jogador não é mais um Belmont, mas sim Alucard, filho de Drácula. Dessa forma, além de quebrar com uma tradição da série, o jogador tem o controle de um vampiro poderoso, cheio de novos poderes. Tal mudança parece ter agradado muito os fãs da série, pois este é o game mais querido de Castlevania até os dias atuais.

(mais…)