Posts com Tag ‘Donkey Kong’

Trilha do Dia!

Publicado: 14/07/2014 por Eduardo Farnezi em Artigos
Tags:, ,

Game Music 2Segundona pós-Copa.
Final de semana tenso após os vexames passados pela seleção brasileira.
Agora é hora de dar uma tranquilizada para a semana de trabalho, sem mais “feriados de Copa”, que está a começar.

Não conheço música melhor e mais bela para isso do que “Aquatic Ambiance“, o tema para fases aquáticas do primeiro Donkey Kong para SNES. Essa música é tão incrível, que nos faz esquecer do ridículo fato de que estamos jogando com dois macacos, que possuem folego infinito, em uma fase sub-aquática.

Dane-se a lógica, Donkey Kong é fenomenal.
(mais…)

Nos tempos primórdios dos games, um desconhecido criou um game onde um macaco jogava barris em um personagem de vermelho, que pulando e se utilizando dos desníveis do cenário, subir até onde estava este macaco, para assim salvar sua amada das garras deste primata. Desta história, saíram três dos seres mais famosos e amados pela maioria dos gamers. Shigeru Miyamoto, o criador do game acima descrito de peculiar nome “Donkey Kong”: O encanador Mario, considerado obra máxima de Miyamoto, a princesa Peach, e por último, mas não menos importante, o macaco mais querido por todos do mundo dos games, o próprio Donkey Kong.

Nascido nessa áurea época dos 8 bits, Donkey Kong teve sua estreia solo no SNES, em um game que leva no título seu próprio nome, como de costume diga-se de passagem. Considerado um dos games mais espetaculares do console, e de qualquer outra plataforma, Donkey Kong pegou muita gente de surpresa na época de seu lançamento, pois ninguém esperava tanta qualidade, em especial no visual do game, provinda de um Snes. Cumprindo muito bem seu papel de game de aventura, Donkey Kong tem variedade de sobra.

Pra começar, não apenas o “macaco mór” Donkey Kong pode ser controlado pelo personagem, ele tem um companheiro de aventuras, Diddy Kong. A opção entre um ou outro é determinante crucial em algumas partes do game, devido às peculiaridades de cada um: Donkey Kong é maior e mais forte, entretanto é mais lento e pesado para os saltos; Diddy Kong apesar de ser bem mais fraco e pequeno, tem velocidade e agilidade de sobra. Cada fase de Donkey Kong é um show a parte, indo de áreas abertas a construções de madeira e fases aquáticas, uma mais bem feita e interativa que a outra.

(mais…)