Posts com Tag ‘jogos piratas’

Beat’m up, inédito no Mega Drive, apresenta altíssima qualidade!

belos gráficos e animações

Quando eu fiz o post do piratão “Super Mario World 64” para o Mega Drive eu aproveitei e dei uma pesquisada em outros títulos “não oficiais” que foram lançado para o 16 Bits da Sega nesses últimos anos, os quais já estou namorando um tempo e aguardando que uma boa alma consiga-os converter para arquivos ROM para se jogar em emuladores, mas até agora nada. Para quem estiver curioso, os games são “Beggar Prince“, “Star Soldier” e “Pier Solar“, todos RPGs de altíssima qualidade para o console, mas que existem apenas em versões “cartuchos”. Sim, isso mesmo, um pessoal louco pelo Mega Drive desenvolveu games inéditos para o console, mesmo anos depois de sua aposentadoria. O “Beggar Prince”, por exemplo, tem 32 Mb e é bem parecido com os games “Lunar Silver Star” do Sega CD! Foi lançado em 2006 e vendeu 1.500 cópias até 2010, quando cessaram sua produção/venda. Veja aqui algumas imagens dele.

Mas enfim, foi fuçando a internet que acabei descobrindo um outro título “alternativo” para o saudoso Meguinha, não um RPG, mas desta vez um fabuloso beat’m up no nível de um “Streets of Rage 2” ou um “Final Fight 3“, misturado com um “Golden Axe” e um “Knights of the Round“. Dessa salada toda saiu um game chinês inédito para os amantes do Mega Drive, chamado de “Shui Hu Feng Yun Zhuan“, produzido pela Never Ending Soft Team, e que não possui versão em inglês, mas que numa tradução livre significa “Water Margin Wind & Cloud Chronicles” ou ainda “Beneath The Clouds”, pelo que andei pesquisando por aí.

(mais…)

Anúncios

6222_1

Os jogos piratas, especialmente os “made in china”, faziam parte da cultura videogamelística (roubei esse termo do Farnezi :P) dos anos 80/90, tendo o seu grande apogeu na mais notória guerra dos videogames: Mega Drive vs Super Nintendo. Naquela época já havia jogos multiplataforma, mas os games exclusivos eram o que faziam realmente a diferença e claro, que dividia os gamemaníacos (os espertos, como eu, tinham os dois consoles) e geravam discussões que perduram até os dias de hoje!

E apesar dos istas de cada lado jamais confessarem, é claro que surgia uma pontinha de inveja naquele game exclusivo que estava bombando no concorrente. E assim, graças aos “pirateiros”, tivemos pérolas como “Sonic 4” e “Tekken” no Super Nintendo, e “Donkey Kong Country” e “Super Mario Bros” no Mega Drive. Infelizmente a qualidade desses games eram, em sua maioria, duvidosas, ficando muito aquém da capacidade de que os consoles podiam realmente oferecer. De vez em quando algum ou outro surpreendia, como é o caso do RPG “Brave Battle Saga: Legend of the Magic Warrior“, para Mega Drive.

(mais…)

Conheça esse belo RPG inédito para Mega Drive

Você é jogador da geração 16 Bits? É fã dos RPGs oldschool como Phantasy Star IV, Final Fantasy VI e Breath of Fire? Então você vai adorar esse jogo aqui para o Mega Drive: Barver Battle Saga: The Space Fighter, ou como também é conhecido Brave Battle Saga: Legend of the Magic Warrior.

Mas peraí, você nunca ouviu falar desse jogo? Pois é, isso porque ele praticamente é um jogo INÉDITO para o 16 Bits da Sega. Ele é um jogo de produção taiwanesa “caseira” (ou pirata, como preferirem) no mesmo estilo de Beggar Prince (bem bacaninha) e Legend of Wukong (esse nem tanto), tambéms RPGs lançados tempos depois para o Mega Drive. Quer mais um? Que tal Ultimate Mortal Kombat Trilogy  – que possui “apenas” 57 personagens. (mais…)