Posts com Tag ‘Prince of Persia’

Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo (Prince of Persia: The Sands of Time, EUA, 2010)
Gênero: AçãoDireção: Mike NewellDuração: 116 minutosAtores: Jake Gyllenhaal, Ben Kingsley, Gemma Arterton, Alfred MolinaCensura:Trailer: Clique aqui

Site Oficial: Clique aqui

 

Na crítica de filmes temos hoje em pauta “Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo”, baseado no jogo homônimo de grande sucesso lançado em 2003 para o PlayStation 2. Para quem é jogador veterano, deve se lembrar da primeira versão para computador, lançado em 1989 – e se não lembra, leia aqui nossa resenha da versão para o Super Nintendo para conhecer as origens do jogo e de seu famoso criador, Jordan Mechner, que colaborou no roteiro do filme, inclusive.

Como qualquer adaptação para cinema de um game, eu já pensei de imediato que seria outra bomba, mas mordo a minha língua. O filme pode não ser uma grande maravilha da sétima arte, mas certamente está com uma qualidade muito acima do que estamos acostumados a ver nas adaptações de games, revelando ser um bom filme de ação despretensioso, com boas doses de humor e o mais importante, respeitando as ideias centrais do jogo. Resumindo, um bom filme “pipoca”, como dizem por aí.

(mais…)

 *análise escrita no lançamento do game

Em 1989 era lançado Prince of Persia, um jogo que logo virou um grande hit devido ao seu alto desafio e jogabilidade viciante. Você tinha que percorrer, em uma hora, masmorras e enfrentar esqueletos, guardas e até o próprio reflexo, até chegar à sala do trono do vizir Jaffar e salvar a princesa. Logo veio uma sequência, também muito bem sucedida e depois disso a série caiu no esquecimento, até que renasceria em 2003 com “Prince of Persia: The Sands of Time”, um título que ganhou a preferência dos gamers por conseguir transportar a série com qualidade para o universo 3D, que foi seguido por mais dois títulos.

Com isso chegamos ao quarto capítulo, Prince of Persia: The Forgotten Sands, que é para ser um retorno à trilogia The Sands of Time. A nova aventura seria encaixada entre o primeiro e o segundo jogo, além de uma promessa da produtora Ubisoft de um inovador e prático sistema de combate para a nova geração de videogames. Parece bastante promissor não? Bom, infelizmente essas promessas não foram cumpridas.

(mais…)

Quem fala que vdeogame é coisa de homem está muito enganado, tanto que nos dias atuais as meninas provam que jogam tão bem e até melhor que muito ‘bonitões’ por aí. E já que esse blog é democrático (tanto que fui convidada a escrever aqui, obrigada queridos) e existem muitas listas de Top 10 vadias semi-nuas por aí, que tal um Top 10 com os mais, mais ‘gatinhos e gatões’, claro que nessa nossa lista com dez personagens é pouco, mas da pra ter um bom motivo – se você menina (louca) que não gosta de videogame – começar a gostar.

Vamos lá então para o 10° lugar ficou com:

(mais…)

Quando eu era “patotinho”, um pequenino gamer, vi um game que me fez ficar maravilhado com a beleza dos movimentos de seu personagem principal e com as peripécias que eu tinha de realizar para sobreviver e prosseguir. Era como se eu visse algo mágico acontecendo diante de meus olhos. Esse game foi Prince of Persia, o original, o primeiro e único!

A partir daí muitos remixes e “novas versões” surgiram, muitas delas competentíssimas e algumas horríveis, como a versão tridimensional do game para Dreamcast. Na verdade, todas foram muito genéricas se comparadas com a elegância e a revolução conseguidas pela versão original.

(mais…)

Em 2010 “Prince of Persia” (versão moderna) ganhou uma adaptação para as telas do cinema que fez um sucesso razoável, agradando a uns e desagradando outros. Por isso, vamos relembrar de um dos melhores jogos do herói criado por Jordan Mechner em 1989. Mas não estamos falando dos últimos títulos lançados, e sim claro da versão para Super Nintendo, lançada em 1992.

Nunca ouviu falar de Prince of Persia? Ou se ouviu foi apenas dos jogos mais recentes e não faz a mínima idéia do valor histórico deste game? Vergonhoso, mas não se preocupe, faremos um breve resumo para você ficar por dentro. Como já dito, foi lançado em 1989  originalmente para o computador Apple II  e logo de cara teve um grande impacto e repercussão no mundo dos games, por apresentar uma animação graciosa e realista dos personagens e uma ambientação cinematográfica nunca antes vista em um game.

(mais…)