Posts com Tag ‘Shigeru Miyamoto’

 * análise escrita no lançamento do game

Se você ainda tinha alguma dúvida de que “Super Mario Galaxy 2” seria bom, então não precisa mais se preocupar. Ele não só é bom, como é um jogo que consegue superar tranquilamente o já ótimo “Super Mario Galaxy”, provando que Shigeru Miyamoto ainda tem o seu “toque de midas”. Mario volta para mais aventuras nas estrelas e espaço, reinventando vários elementos e oferecendo uma experiência desafiadora, sem dúvida um título digno do Nintendo Wii e do legado do bigodudo da Nintendo. Com este é o quarto game a figurar de maneira brilhante no mundo 3D, seguido por “Super Mario 64”, “Mario Sunshine” e “Super Mario Galaxy”.

O mais incrível de SMG2 é que os caras conseguiram encontrar espaço para ideias novas. Sinceramente eu achava que o game iria usar senão todas, a maioria das ideias e mecânica do jogo anterior, com alguns novos itens, personagens e roupas. Mas surpreendentemente isso não acontece. Afinal, apesar de ser um personagem icônico, as sequências de suas principais aventuras sempre reusaram mecânicas e ideias fundamentais, não mudando muito a cada novo jogo da franquia. Isso devido fato que, com mudanças muito radicais correria o risco de se invocar a fúria dos fãs e ao mesmo tempo fazer com que o personagem perdesse a sua identidade.

(mais…)

*análise escrita no lançamento do game

Depois de colocar o seu encanador bigodudo voando entre galáxias, correndo em karts e competindo nas olimpíadas, a Nintendo resolveu que o novo game da sua mascote o levaria de volta às suas origens.

New Super Mario Bros. Wii  (NSMBW) é o game mais hypado da plataforma nesse fim de ano, que aproveitou o visual e mecânica do New Super Mario do Nintendo DS, que por sua vez foi baseado no clássico Super Mario Bros (SMB) de 1985 para o Nes.

Se você é muito novo para lembrar o que aconteceu em 1985, não se preocupe que nós lhe contaremos. SMB é simplesmente um marco na história do videogame, que revolucionou o mercado apresentando um game de plataforma side-scrolling. A tela “rolava”, revelando um grande mapa, com elementos de exploração e inúmeros segredos que se escondiam em blocos ou passagens secretas dentro dos famosos canos.

(mais…)