Posts com Tag ‘Street Fighter’

Arte Gamer #01

Publicado: 08/07/2014 por Eduardo Farnezi em Artigos
Tags:, , ,

c5c566b68a9dc49d9d0c1efd7c435b0b

“Not too Old, but Gold!”
Gostou da imagem acima?
Ela faz parte de um dos trabalhos do artista Polonês Phuwadon Thongnoum, que criou vários quadros de alguns personagens da mais do que clássica franquia de games Street Fighter.

Com seu estilo muito peculiar, bem autoral, o artista tomou a liberdade de reimaginar, à seu modo, alguns dos personagens mais icônicos de Street Fighter.
O resultado você confere abaixo. (mais…)

Anúncios

svcchaossnkvscapcom-01

“Era uma vez” duas empresas que lutavam bravamente no mundo dos games por um título: o de maior empresa desenvolvedora de games de luta 2D. De um lado estava a Capcom com seus Street Fighters e Darkstalkers da vida. Do outro lado estava a SNK, com títulos primorosos, normalmente reunidos em seus games The King of Fighters.

Eis que um dia ambas resolvem se unir para fazer um game. A ideia de ver os personagens de ambas as franquias se enfrentando era maravilhosa.

Sendo assim, Capcom vs SNK é lançado para Arcades e Dreamcast, produzido pela Capcom. O resultado foi muito abaixo do esperado para um crossover deste calibre. Vendo o descontentamento dos jogadores a mesma Capcom lança Capcom vs SNK 2: Millenium Battle, jogo que ficou muito melhor que seu antecessor, sendo considerado até então o melhor crossover já criado. Entretanto ainda faltava algo, pois Capcom vs SNK 2: Millenium Battle tinha cara de recauchutagem nos personagens da Capcom. Além disso, os personagens da SNK ficaram muito sem vida nos traços da Capcom. Vislumbrar uma versão feita pela SNK estava até ali fora de cogitação, pois a empresa havia falido.

Eis que a Playmore compra os direitos da SNK. Infelizmente, a mesma Playmore, começa a usar as franquias que adquiriu da SNK de maneira muito abaixo do esperado, com games como Metal Slug e The King of Fighters muito ruins. Vendo que haveria de fazer algo bom e chamativo, a SNK-Playmore teve uma ideia genial: criar seu próprio crossover com os personagens da Capcom e da SNK.

E assim começa a história de SNK vs. Capcom: SVC Chaos

(mais…)

SFXT-Logo

Crossovers já são corriqueiros no mundo dos fighting games e a Capcom com certeza é a maior representante dessa tendência. Desde Street Fighter vs X-Men a empresa se especializou nesse tipo de coisa, possuindo inúmeros games de luta promovendo o encontro de franquias distintas em campo de batalha.

O ápice dessa prática da Capcom se deu em Capcom vs SNK, game que promoveu o encontro de personagens das duas icônicas e rivais empresas. O segundo game produzido pela Capcom promovendo o encontro dos dois universos é um dos fighting games mais cultuados até os dias de hoje.

Eis que no ano de 2010, na Comix Con, maior feira de quadrinhos e nerdisses em geral dos Estados Unidos, a Capcom faz o anuncio e revelação de um novo game, que já andava sendo muito especulado desde bem antes desse anuncio. O game em questão era o inusitado crossover Street Fighter x Tekken, tendo como responsável pelo projeto ninguém menos do que Yoshinori Ono, o homem que trouxe Street Fighter de volta ao foco das atenções com Street Fighter 4.

(mais…)

Brasileiro cria vídeo de Ryu em primeira pessoa quebrando tijolos

Publicado: 18/01/2013 por Márcio Alexsandro Pacheco em Artigos, Vídeos
Tags:,

ryu

Street Fighter é um dos jogos de luta mais famosos do mundo e já teve inúmeros games até hoje, mas nenhum deles teve a ideia de colocar o jogador numa perspectiva em primeira pessoa. Foi de um brasileiro, Felipe Costa, o projeto de criar um vídeo usando programas 3D, de colocar o jogador na pele de Ryu, dando socos, chutes e até hadouken! Tudo isso no clássico estágio bônus dos tijolos.

Confira abaixo o vídeo:

“o garanhão italiano”

Estamos de volta com mais um Top 10 para os nossos queridos leitores, desta vez trazendo os 10 maiores Canastrões dos Videogames. O termo “canastrão” é geralmente usado no cinema, para indicar maus atores, que não possuem conhecimento, técnica ou aptidão para o papel que estão empenhando (e não um jogo de canastra grande). Sabe aquele teu amigo que gosta de pagar de galã (ou aquela mina querendo bancar a gatinha)? Então, eles são canastrões. Mas veja bem, nem sempre isso significa ser algo ruim, as vezes graças a sua cara de pau e atitude, o ator acaba desempenhando bem esse papel (Sylvester Stallone e Arnold Schwarzenegger que o digam). Pensando nisso, resolvemos fazer um Top 10 Canastrões dos Videogames (acho até que algo inédito), que são aqueles personagens que forçam a barra, mas que mesmo assim os gamers adoram (ou não). E sim, já sabemos que vai ter um monte de gente de mimimi, reclamando desse personagem na lista, ou da falta daquele outro. Por isso fiquem a vontade para usar o espaço de comentários e deixar suas opiniões educadas e coerentes.

(mais…)

Street Fighter: A Lenda de Chun-Li (Street Fighter: The Legend of Chun-Li, EUA, Japão, Canadá, India, 2009)
Gênero: Ação
Direção: Andrzej Bartkowiak
Duração: 96 minutos
Censura:
Trailer: Clique aqui
Site Oficial: Clique aqui

Nota: 2/10

Aproveitando o embalo da crítica do game baseado no filme de “Street Fighter: A Batalha Final”, resolvi fazer uma dobradinha trash com o segundo longa-metragem da franquia: “Street Fighter: A Lenda de Chun-Li“. Você que não é tão ligado no universo do famoso jogo de luta, talvez nem saiba que existe um segundo filme, que estreou em 2009 e foi um completo fracasso, nem chegando a passar nos cinemas brasileiros, foi direto pro DVD.

Sim, ele existe. E sim, ele é tão ruim quanto o filme estrelado por Jean-Claude Van Damme, de 1994. Ainda não foi desta vez que a turma de Ryu e cia se acertaram nas telonas. Talvez a Capcom devesse contratar os caras que fazem adaptações de super-heróis para o cinema, como o Sam Raimi (Homem-Aranha) ou Brian Singer (X-Men e Super-Homem: O Retorno… pobre zulão, merecia coisa melhor), já que os heróis geralmente possuem boas adaptações.

isso é o mais próximo da Chun-Li que pode ser visto no filme

(mais…)

No quinto episódio de “Sonic Desempregado”, o ouriço e Tails são contratados como locutores das lutas de Street Fighter. Tudo ia bem até a chegada de um Robotnik muito louco para estragar tudo.